Cerca de 600 atividades culturais e educativas, ligadas aos temas da sustentabilidade, agitarão a capital paulista.

Com centenas de atrações espalhadas por mais de 120 espaços e parques da cidade, São Paulo receberá, nos dias 2 e 3 de junho, a segunda edição da Virada Sustentável, com o objetivo de ampliar a informação sobre sustentabilidade a partir de uma abordagem positiva para a população, usando a arte, a cultura e o lúdico como ferramentas principais.

A abertura ocorre no sábado, às 8h, quando a capital paulista será tomada por diversas atrações gratuitas, como exposições, filmes, oficinas, workshops, peças de teatro e shows de música, sempre com conteúdo ligado aos temas da sustentabilidade, como biodiversidade, água, mudanças climáticas, mobilidade urbana, consumo consciente, qualidade de vida e cidadania, entre outros. No primeiro dia, as atividades acontecem das 8h às 24h. No domingo, as atrações iniciam novamente às 8h e terminam às 20h.

A 1ª edição do evento, que ocorreu em 2011, reuniu mais de 500 mil pessoas em 482 atrações distribuídas em 78 espaços. Neste ano, a Virada Sustentável estará ainda mais espalhada por São Paulo, com ações e atrações em todas as regiões da cidade, inclusive na periferia. “Além dos grandes parques, praças e centros culturais, conseguimos levar a Virada Sustentável para os bairros periféricos. Com esta distribuição, teremos um evento ainda mais democrático”, destacou André Palhano, organizador da iniciativa junto com a publicitária Mariana Amaral.

“A Virada Sustentável tem a virtude de ser uma mobilização espontânea da sociedade. As pessoas participam porque querem. A educação se faz com diálogo e conhecimento”, disse Eduardo Jorge Martins, secretário do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo, no evento de apresentação institucional realizado no último dia 22 de maio.

As decisões da equipe de organização são orientadas por um Conselho Curador, constituído por 16 profissionais reconhecidos na área de sustentabilidade, com atuação em diferentes setores da sociedade. Além de analisar e aprovar a aderência das atrações, o Conselho decide as questões éticas relacionadas ao evento, como o veto à participação de empresas de álcool, armamento e tabaco.

“Queremos mostrar que a sustentabilidade pode, e deve, ser incorporada como um valor positivo pela população. A Virada tem uma abordagem diferente: ela mobiliza pela inspiração”, conclui Mariana Amaral.

Mobilização para a Sustentabilidade 

A Virada Sustentável conta com uma série de apoios e parcerias:

Apoio: Prefeitura Municipal de São Paulo, Secretaria do Verde e do Meio Ambiente da Prefeitura de São Paulo (SVMA), São Paulo Turismo (SP Turis), Secretaria do Meio Ambiente (SMA) do Estado de São Paulo e da Secretaria Especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo, SESC São Paulo e Senac.

Apoio institucional: Rede Nossa São Paulo.

Parceiros: W/McCann (agência de comunicação), Lead Comunicação (relacionamento com imprensa) e Woden! (mídias digitais).

Rádios oficiais: Eldorado Brasil 3000 e Rádio Estadão ESPN.

Site oficial: Catraca Livre.

Patrocínio: Braskem.

Destaques da programação:

Entre os destaques da programação está o Pimp my Carroça, uma atividade no Vale do Anhangabaú comandada pelo grafiteiro Mundano, que vai melhorar a estrutura de dezenas de carroças de catadores de recicláveis, com instalação de itens de segurança e pintura artística de reconhecidos grafiteiros.O Parque do Ibirapuera acolherá uma grande variedade de atrações, inclusive centrada no público infantil, com destaque para o filme Quebrando o Tabu, que será exibido no Auditório do Ibirapuera, e a peça Mudanças Climáticas, voltada às crianças.Na praça Victor Civita, a Palhaça Rubra (arte-educadora Lu Lopes) receberá os convidados Palavra Cantada, Marcelo Jeneci, Susana Salles, Curumin, Anelis Assumpção e Rubi para um show com temas associados à sustentabilidade. Um “Flash Mob” invadirá o Mercadão Municipal, quando os homens-verdes farão coreografias para montar e desmontar a passarela onde as modelos desfilarão em roupas de algodão colorido orgânico e biojoias assinadas pelo Ateliê Especiarias.E espalhado pela cidade, 27 restaurantes da capital paulista embarcarão no desafio de oferecer cardápios onde a sustentabilidade traduz-se como a principal inspiração para servir pratos no estilo de cada uma das casas que participam do evento. Os chefs vão desenvolver pratos com produtos de origem 100% orgânica, sem desperdício de alimentos e com a redução de resíduos descartados. A semana do Menu Sustentávelseguirá até 10 de junho. Confira a lista e endereços dos restaurantes em
http://www.viradasustentavel.com/gastronomia/A parceria da Virada Sustentável com o Yoga pela Paz (YPP) busca reforçar a importância de promover atividades que proporcionam saúde, bem-estar e equilíbrio entre as pessoas, o que resulta diretamente em um mundo mais sustentável. Nos dois dias do evento, escolas e profissionais de yoga, meditação e outras práticas participarão da programação Zen oferecendo aulas gratuitas para a população.

A parceria inédita com SESC São Paulo e Senac também irá enriquecer a programação em 2012.

Confira a programação completa em http://migre.me/9bmkH  (arquivo .pdf para download).

Mais informações em www.viradasustentavel.com

Mídias sociais:
Facebook: www.facebook.com/viradasustentavel
Twitter: www.twitter.com/virasustentavel

  Saiba mais das atividades do Instituto, clicando aqui.