O déficit de saneamento básico brasileiro atinge cerca de 100 milhões de pessoas.

O Instituto Trata Brasil é uma OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, fundada justamente para lutar para que todos tenham acesso a coleta e tratamento de esgoto. Assim, eles criaram um manifesto para pressionar os candidatos às eleições de outubro a assumirem um compromisso com a oferta de saneamento básico no Brasil. Para conhecer o Instituto Trata Brasil, clique aqui.

Os dados são alarmantes. Segundo o Trata Brasil, sete crianças morrem todo dia no país, vítimas de diarréia e outras 700 mil pessoas são internadas a cada ano nos hospitais públicos devido à falta de coleta e tratamento de esgoto. Nas zonas rurais a coleta de esgoto atinge apenas 4% da população.

Nos últimos quatro anos, o investimento em saneamento básico foi de 0,22% do PIB, quando deveria ser de 0,63%. Cada R$ 1,00 investido em saneamento representa uma economia de R$ 4,00 em gastos com saúde. Outro benefício é que o investimento estimado pelo setor para a universalização do saneamento vai gerar 550 mil novos empregos por ano.

O acesso ao saneamento básico gera melhoria significativa e imediata na saúde da população. Desta maneira, o Instituto Saúde e Sustentabilidade não poderia deixar de apoiar este manifesto pelo Saneamento é Básico.

Para assinar o manifesto acesse o site www.tratabrasil.org.br/manifesto