O Instituto Saúde e Sustentabilidade, criado em 2009 para promover o desenvolvimento sustentável a partir do viés da saúde humana, está entrando em uma nova fase de gestão. “Além da revisão dos processos de comunicação interna e externa, que inclui a reestruturação do site, estamos revendo o nosso primeiro plano estratégico”, explica a diretora, Evangelina Vormittag. A revisão do  plano estratégico inclui a revisão da sua estrutura de governança e a construção de um plano de mobilização de recursos e de negócios.

Essa nova etapa é fruto do crescimento e amadurecimento da organização. Nos seus três primeiros anos de existência, o Instituto propôs à sociedade e desenvolveu projetos que tiveram grande destaque, como o Observatório de Sustentabilidade Urbana para a Megalópole de São Paulo, cuja ação gerou diversas publicações com foco em saúde e sustentabilidade. “Com o sucesso dos projetos e publicações do Instituto, chegou a hora de consolidar a organização, investindo ainda mais na gestão”, explica.

Outro avanço conquistado nos últimos meses foi a aprovação de três projetos pelo Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD), permitindo que pessoas físicas e jurídicas passem a apoiar as iniciativas do Instituto por meio do direcionamento do Imposto de Renda.

Planejamento Estratégico:

O planejamento estratégico está sendo realizado pelo Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social – IDIS (www.idis.org.br).

 O IDIS é uma organização sem fins lucrativos, uma OSCIP, fundada e presidida pelo Dr. Marcos Kisil, que tem como missão a promoção e a estruturação do sistema de investimento social privado no Brasil, como instrumento de desenvolvimento de uma sociedade mais justa e sustentável. Por investimento social privado entende-se a alocação voluntária e estratégica de recursos privados, sejam eles financeiros, em espécie, humanos, técnicos ou gerenciais, para o benefício público. Para ter impacto e promover a transformação social, esse investimento depende de pesquisa focada, planejamento criativo, estratégias pré-definidas, execução cuidadosa e monitoramento dos seus resultados. Um dos grandes diferenciais do trabalho oferecido é a oferta do estudo de potencial de captação de recursos e negócios.

Para conhecer os projetos e apoiá-los, clique aqui.

The Health and Sustainability Institute which has been created in 2009 for the promotion and sustainable development from the bias of human health, is entering in a new management phase. “Beyond the revision of internal and external communications processes which included the construction of a new website, we are reviewing our initial strategic plan”, explains the Executive Director, Evangelina Vormittag. The revision of the strategic plan includes a review of its governance structure and the building of a business plan and resource mobilization.

This new step is the consequence of the organization’s growth and expansion. In the first three years of its existence, the Institute has developed projects that had a great predominance such as the Observatory of Urban Sustainability of Megalopolis (megacity) of São Paulo – Focus on Health. This action had created a lot of publications focused on health and sustainability. “With the success of the projects and publications of the Institute, it is time to consolidate an organization investing more in management”, she explains.

Another progress achieved during previous months is the approval of three projects by the Municipal Fund for Children and Adolescents giving the opportunity to persons and companies to support initiatives of the Institute via deduction of tax income.

Strategic Planning:

The Strategic Planning is being held by the  Institute for the Development of Social Investment – IDIS (www.idis.org.br).

IDIS is a nonprofit organization, an OSCIP, founded and chaired by Dr. Marcos Kisil, whose mission is to promote and structure the system of private social investment in Brazil, as an instrument of development of a fairer and more sustainable society. For social investment means the voluntary and strategic allocation of private resources, whether financial, in-kind, human, technical or managerial, for the public benefit. To have impact and promote social change, this investment depends on research focused, creative planning, pre-defined strategies, careful execution and monitoring of its results. One of the great advantages of the offered work is the study of the potential fundraising and potential business.

To know about the projects and support them, click here.