Vai acontecer, no dia 06 de agosto às 10h30, a audiência pública Atraso na implementação da Lei no. 16802/18: Mudança da matriz energética dos ônibus na cidade de São Paulo solicitada pelo Vereador Gilberto Natalini e com transmissão ao vivo em sua fanpage no Facebook.

Dra. Evangelina Vormittag, médica e diretora do Instituto Saúde e Sustentabilidade, é uma das participantes e tratará da poluição atmosférica provinda do diesel do transporte público e seus impactos na saúde humana.

Também  estarão presentes o Dr. Marcos Barreto, promotor de Meio Ambiente do MPE, Elisabete França, Secretária Municipal de Mobilidade e Transportes, Américo Sampaio da Purpose e Adalberto Maluf, presidente da ABVE.

Segundo pesquisa do ISS, a poluição decorrente do diesel causará 13 mil mortes até 2025 na Região Metropolitana de São Paulo, ou seja, 1.741 mortes anuais, 5 diárias, a um custo em perda de produtividade de R$ 6 bilhões. Ademais, os ônibus representam apenas 10% do total da frota diesel que circula na região metropolitana, mas é responsável por 25% das emissões de MP2,5 e consequentemente de um quarto da mortalidade e internações no SUS relativas à poluição.

Link para a audiência pública no Zoom aqui.