A todxs, nosso muito obrigado!

 

 

Após sete dias de atividades por toda a cidade de São Paulo, a Virada da Saúde fomentou por todos os cantos conversas, informação, aprendizado e muito alto astral.

Realizada pela Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, e correalizado pelo Instituto Saúde e Sustentabilidade, o evento conseguiu aproximar a sociedade ao tema saúde e da importância de viver em um ambiente saudável e sustentável nos grandes centros urbanos.

Confira aqui tudo o que aconteceu na 1ª Virada da Saúde!

17069804742_137fa7b6be_z

Dentro de seus eixos de atividades; Cultural; Médico-Assistencial, Educativo e de Bem Estar, os participantes da Virada realizaram cerca de 600 atividades em 150 espaços da cidade, nesse universo, o evento atingiu, de acordo com a Prefeitura de São Paulo, cerca de 77 mil pessoas – confirmando que o público deseja ter mais opções que o leve a administração de uma qualidade de vida mais rica.

Entre 7 e 12 de abril a cidade de São de Paulo recebeu dezenas de atividades médico-assistenciais, com intervenções no Largo da Batata,em UBS e AMAs das quatro zonas da cidade, ,promovendo, na semana mundial da saúde, exames de glicemia e pressão, vacinação em adultos, testes rápidos de HIV, orientações sobre a saúde da mulher, saúde mental, de crianças e idosos, além de diversas atividades informativas sobre a Dengue e a Febre Chikungunya, doenças muito relevantes para a população paulistana atualmente. A cidade ficou repleta de programação montada por especialistas do Albert Einstein, Sírio Libanês, Hospital Sabará, além das UBS da cidade, Cruz Vermelha, SENAC e tantos outros.

16451453563_3dac193164_z

A programação cultural esteve presente em toda sua programação com a exposição fotográfica “Corpus Purissimus” no Metrô Sé; uma visita cultural para conhecer obras de arte que povoam o Cemitério da Consolação; a dança com deficientes do grupo Dança sem Fronteiras no MAM, esquetes teatrais realizadas pelo Sescoop; Fatos & Boatos, com Canto Cidadão; lançamento do livro “Saúde Colorida”; exibição de filmes e sessões de musicoterapia na Matilha Cultural; e o destaque para a obra “Puzzles” de Eduardo Srur – um convite à discussão do autismo dos autistas promovida pelo projeto SelfAzul.

16489076543_60128daf14_z

A qualidade de vida nos grande centros urbanos foi tema de diversos debates, como o ‘Inspira São Paulo’ patrocinado pela Abbott, que no dia 9 que contou ao público presente no Museu da Casa Brasileira 12 histórias inovadoras que inspiram e criam círculos virtuosos para a transformação da saúde dentro da realidade urbana no Inspira São Paulo. O “Encontro Desafios na Medicina” com palestra do Doutores da Alegria sobre a importância do riso na humanização do atendimento em saúde e Dr. Paulo Saldiva falando sobre “Saúde e Meio Ambiente. A Virada da Saúde contou também com o fórum “Viva Humanização”, realizado pela Associação Viva e Deixe Viver. O “Projeto Self Azul”, realizado pelo Centro Pró-Autista, que discutiu o “Transtorno do Espectro Autista”.

16939316679_7bb68e7cef_z

As mais diversas rodas de conversa aconteceram durante as atividades, desde o Luto dentro do Cemitério da Consolação com profissionais do Hora da Vida no dia 10, seguido por uma conversa sobre depressão e suicídio com especialistas e apoio do CVV na Matilha Cultural. Rodas sobre a humanização do parto e saúde da mulher em diversos pontos da cidade.

16898739529_78b1e35939_z

A exposição “As grandes epidemias”, concebida pelo cientista Isaias Raw para o Museu de Microbiologia do Instituto Butantan foi um destaque no Museu de Saúde Pública Emílio Ribas além de suas outras programações como o #vempassarinhar lembraram as pessoas sobre os ricos espaços que temos disponíveis na cidade e como podemos aproveitá-los. O topo do Copan símbolo urbano na cidade sofreu uma intervenção com a meditação guiada pelo grupo Awaken Love. Intervenção também foi a proposta do Grupo Calouros Brasil, que tomou conta da Avenida Paulista no sábado dia 11.

17112912385_07547a9700_z

A Virada da Saúde, além de oferecer diversas atividades esperou seu projeto inicial, ir além da doença, mostrando que é possível tratar desses assuntos de forma positiva e colaborativa e espera estar presente na cidade em seu dia-a-dia.

Veja mais  imagens da Virada da Saúde em www.flickr.com/photos/viradadasaude/