A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que a quantidade ideal de água potável por dia para garantir o bem-estar e higiene de uma pessoa seja de 50 litros/dia. No entanto, atualmente cada brasileiro gasta quase quatro vezes a quantidade, em média de 187 litros/dia. O número mostra que, apesar de a crise hídrica com a qual algumas regiões do Brasil se depara ter fatores ligados a políticas públicas e fiscalização da indústria, as residências também não estão fazendo sua parte. Alguns cuidados básicos em casa são suficientes para reduzir a conta de água e colaborar com o meio ambiente, sem abdicar de hábitos de higiene e saúde.

Confira 15  dicas para quatro ambientes de casa:

No banheiro

1. Regule as válvulas da descarga
O acionamento da válvula de um vaso sanitário por 6 segundos gasta de 10 a 14 litros de água. Fique atento com o tempo que leva para pressionar a válvula, e se ele é realmente necessário.

2. Tome banho de chuveiro
No Brasil, a maioria dos banheiros têm chuveiros, mas se o seu também tiver banheira, prefira a ducha. O banho de banheira pode gastar mais do que o dobro de água consumida na chuveirada. Se você tem banheira, faça o experimento de tampar o ralo enquanto usa a ducha e veja a marca da água depois.

3. Procure tipos econômicos de descarga e troque a sua
Se você tiver a possibilidade, troque a sua válvula regular por uma de dupla vazão – sendo uma para líquidos (que utilizam menos quantidade de água) e uma para sólidos (maior quantidade de água). A redução do consumo é de aproximadamente 50%.

4. Aproveite a primeira água do banho
Sabe aquele momento que nós deixamos o chuveiro aberto para a água chegar à temperatura ideal? Coloque em baixo do chuveiro um balde para coletar essa água. Ela pode ser usada para escovar os dentes, lavagem de louça e rega de plantas.

5. Feche a torneira para escovar os dentes ou fazer a barba
Durante um minuto de torneira aberta, até 2,4 litros de água são consumidos, isso é mais do que uma garrafa convencional de refrigerante cheia.

Na cozinha

6. Limpe bem a louça antes de lavar
Antes de lavar a louça usada, não se esqueça de limpar bem os restos de comida, limpar a louça com esponja e detergente sem o uso de água, e somente depois, use a água para o enxágue final. Lembre-se de desligar a torneira sempre que não estiver enxaguando.

7. Descongele a comida com antecedência
Planeje melhor as refeições e, ao invés de descongelar os alimentos em água corrente, procure descongelá-los um dia antes, na geladeira, ou em temperatura ambiente.

Na lavanderia

8. Repense seus hábitos
Uma roupa cheirosa, recém-lavada, de fato traz uma sensação de conforto, mas nem por isso é necessário lavar uma roupa após somente um uso. Dependendo da peça e de como ela foi usada, ela permanecerá limpa e inodora por mais algumas ocasiões.

9. Reutilize a água da máquina
Direciona a água de enxague da lavagem para um balde ou para uma bacia. Ela pode ser usada posteriormente em descargas de vasos sanitários, para lavar o quintal, banheiro e cozinha. O reaproveitamento de uma lavadora de 5 kg pode reduzir  até 5% no consumo mensal de água em uma casa.

Área externa

10. Evite usar a mangueira
Antes de usar água para lavar o quintal, varra a área para retirar a sujeira. Alterne dias de varrer com outros de lavar, e na hora da lavagem defina a quantidade de água utilizada em um balde. Mangueiras geram desperdício e usam mais água do que é necessário.

11. Use água reutilizada
Dê preferência para lavar o quintal com água do banho ou da máquina de lavar.

12. Invista em um regador
Se você tem um jardim em sua casa, ou cultiva diversas plantas, troque a mangueira por um regador, com a quantidade de água necessária pré-estabelecida. Além disso, fique atento à hora de regar. Se regadas com o sol forte, as raízes das plantas “cozinham”, pois a terra está mais quente e com a alta temperatura há uma maior taxa de evapotranspiração – desperdiçando uma boa parte da rega. Por isso, as plantinhas devem ser regadas no início da manhã e no final da tarde, quando o sol está mais fraco, nutrindo-as verdadeiramente.

13. Atenção à piscina
Uma piscina de tamanho médio exposta ao sol e à ação do vento, perde aproximadamente 3.785 Litros de água por evaporação ao mês, o suficiente para suprir as necessidades ingestão de água potável de uma família de quatro pessoas por cerca de um ano. Com uma cobertura, a perda é reduzida em 90%.

14. Lave o carro com consciência
Antes de começar, troque a mangueira pelo balde. Outra opção é levar seu veículo a lava rápidos que realizam a lavagem a seco, usando apenas 4 litros de água no processo. Se você já acha que isso é pouco, o projeto LavamosNós não usa mais do que um copo de água para deixar seu carro brilhando.

15.Aproveite o espaço exterior para captar água da chuva
Você pode construir o seu próprio sistema de captação de água da chuva por meio de a instalação de cisternas. Entretanto, é importante lembrar que essa água deve ser utilizada somente para fins não potáveis e que seu manuseio e captação dependem de maneiras específicas. Toda água guardada deve ocorrer em recipientes adequados e tampados, precavendo a proliferação de larvas do mosquito da dengue.