16/07/2015

Pesquisa: Avaliação dos impactos da saúde pública e sua valoração devido à implementação progressiva do componente biodiesel na matriz energética de transporte

Capa relatorioO estudo teve por objetivo avaliar o impacto da implementação de diferentes adições de biodiesel ao diesel – combustível utilizado nos transportes – em termos de saúde (morbidade e mortalidade) e sua respectiva valoração econômica.

O indicador ambiental selecionado para os cenários de intervenção foi o MP2,5 (material particulado inalável fino) e o ambiente de análise congrega seis Regiões Metropolitanas: São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre.

A partir da análise de dados para 5 cenários temporais e 4 diferentes porcentagens de mistura (B5, B7, B10, B15, B20), os resultados demonstram que a inserção do biodiesel na matriz energética de transportes pode trazer significativos benefícios à saúde da população.

Leia a publicação na íntegra.