Poluição do ar nas cidades

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail to someone

Poluição do ar nas cidades

Não podemos optar pelo o ar que respiramos. Mas podemos, juntos, buscar um ar mais limpo para todos. O tema é de extrema importância e muito oportuno no Brasil, por algumas razões:

  1. o ar tóxico é líder ambiental em mortes (responsável por 1 a cada 8 mortes no mundo), ultrapassando as mortes por doenças causadas por veiculação hídrica ou doenças infecciosas como malária;
  2. as populações mais vulneráveis são crianças, idosos, pessoas doentes e com menor nível socioeconômico;
  3. o ar poluído e partículas inaláveis são causas comprovadas de câncer de pulmão (o primeiro em mortes no mundo) e outros tipos de câncer;
  4. no Brasil, há poucas leis para o combate da poluição do ar – os padrões de qualidade do ar nacionais estão defasados há 25 anos;
  5. apenas 1,7% dos municípios brasileiros possuem monitoramento de qualidade do ar;
  6. os Estados de SP e RJ possuem níveis médios de poluição do ar 2,5 vezes acima do permitido pela Organização Mundial da Saúde.

Para mudar esse cenário, o Instituto realiza pesquisas, que trazem informações sobre a poluição do ar do Brasil para o governo e população, e atua na defesa do tema frente aos gestores públicos.

Conheça abaixo as ações do Projeto Observatório de Sustentabilidade Urbana relacionadas ao tema poluição do ar nas cidades: